Processo Seletivo

 
A periodicidade de ingresso no PPGMUS UFBA é anual, e o processo seletivo é realizado em duas etapas. Na primeira fase, exige-se do/a candidato/a a submissão de um anteprojeto de pesquisa, que deve estar alinhado a uma das linhas de pesquisa das várias áreas de concentração do Programa, e o envio de seu Currículo Lattes. Os/as candidatos/as que forem aceitos/as para a segunda fase deverão comparecer presencialmente à sede do PPGMUS /UFBA para realizar o processo seletivo conforme descrito por edital específico. O número de ingressantes é determinado pelo Colegiado levando-se em consideração a capacidade de orientação dos/as docentes.
 
As competências esperadas para os/as egressos/as do PPGMUS são: 
a) No Mestrado: capacidade crítica; domínio conceitual e metodológico da pesquisa em sua área de concentração; desempenho docente reflexivo, com domínio das ferramentas pedagógicas para a elaboração de conteúdos programáticos adequados a atividades de ensino na graduação em sua área de concentração na contemporaneidade; domínio técnico de seu instrumento. Postura ética na pesquisa e capacidade de desenvolver ações que fortaleçam interlocuções com a sociedade, bem como, reflexões acerca das mesmas 
 
b) No Doutorado: além das competências acima listadas, domínio das técnicas de pesquisa em sua área; capacidade de liderança e inovação; excelência em seu instrumento.
 
De modo geral, em relação as/os egressas/os, destacamos que tem havido uma absorção institucional dos/as mesmos/as em IES  onde atuam nos âmbitos de ensino, pesquisa e extensão. De modos particulares a cada área, seja de performance, ensino, composição, musicologia ou etnomusicologia, os/as mesmos/as vêm adotando uma perspectiva dialógica com comunidades e, em alguns casos, também com os movimentos sociais.
 
Na área de Educação musical existe uma atuação bem abrangente dos egressos em IES, escolas da Rede Pública (em todos os níveis), escolas particulares, ingresso dos egressos do mestrado no doutorado. 
 
Em composição, além da continuidade para o doutorado, no caso dos/as mestrandos/as, houve também grande absorção de egressos/as nas IES, premiações em concursos importantes nacionais e internacionais.
 
Em Execução Musical - Práticas Interpretativas e Regência (estudos corais e orquestrais), além do mesmo perfil de composição, há uma atuação como docentes e participantes em festivais diversos. 
 
Por fim, em musicologia, destaca-se a mesma inserção acadêmica dos/as egressos/as a quadros docentes de universidades nacionais e internacionais.